sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Desabafo

Indignação...
Como poderemos mudar o mundo, se não conseguimos pensar que somos partes integrantes desse todo?
A empatia, que a meu ver é o único sentimento que poderia evitar que atrocidades fossem cometidas, existe de forma silenciosa, quase impraticável...
Será que é tão difícil entender que assim como você, animais sentem frio, fome, dor? Será que é tão complicado se colocar no lugar deles ou de qualquer outra pessoa?
As redes sociais conseguem aumentar ainda mais o nível de hipocrisia de certas pessoas, que se travestem de “pessoa ideal” para a sociedade e escondem por trás de suas máscaras tecnológicas, nada além de um recipiente, sem sentimentos...
Malditos sejam os hipócritas, que julgam as pessoas, que fingem se preocupar com o que acontece no mundo, que reclamam do aquecimento global, mas, que se quer, conseguem guardar um papel de bala na bolsa até achar uma lixeira, ao invés de jogar no chão.
Eu não preciso de um livro que me diga que eu devo amar ao próximo como a mim mesmo, para pensar no por que de eu estar aqui hoje e ter tudo que eu tenho e outras pessoas, em todos os lugares do mundo, não terem o mínimo necessário à sua sobrevivência. Eu não preciso acreditar em um ser superior, para olhar nos olhos de um cachorro ou qualquer outro animal abandonado e ver neles o brilho da inocência e ler o pedido de ajuda.
Enfim, seres com telencéfalo altamente desenvolvido e polegar opositor, não se sintam tão superiores por conta de uma vantagem genética. O que adianta a evolução pela qual passamos e todas as facilidades tecnológicas atuais? O que adianta criar seres humanos cada vez mais conectados a tudo e a todos em um mundo virtual, enquanto a “alma” está desligada do mundo real?
Desculpem o desabafo, mas, é muita coisa para digerir ao mesmo tempo, muita maldade jogada na minha cara... Meu coração sangra ao ver o nível de maldade que o ser humano pode chegar. Mas, quando o alvo dessa maldade são os animais, aí, uma parte de mim morre, a parte que ainda tem fé no ser humano e que quer mudar o mundo...
Postar um comentário

Seguidores